Como evitar erros ao esmerilar e afiar

Tudo o que precisas de saber acerca do processo de esmerilação e afiação

Graças a este guia completo sobre o processo de esmerilação e afiação, não vais ter de reinventar a roda. Quer estejas a afiar tesouras de poda, a alisar mosaicos ou a rebarbar tubos de cobre (CONSULTA INSPIRA-TE), vamos ajudar-te a contornar os contratempos mais comuns. Tudo o que tens de fazer é ter em conta as nossas dicas relativas ao processo de esmerilação e afiação e irás, seguramente, terminar o trabalho com segurança e êxito.

1 7

PROTEGE-TE COM A MULTIFIXAÇÃO COMFORT GUARD DREMEL

Ao afiar objetos metálicos, serão inevitavelmente projetadas faíscas e poeira. No entanto, outros objetos podem igualmente libertar pequenas partículas de poeira e sujidade. Com a multifixação COMFORT GUARD DREMEL (A550), que está incluída em inúmeros kits de ferramentas Dremel, poderás proteger-te a ti mesmo, às tuas roupas e ao ambiente em redor de tais partículas. O seu design inteligente garante que quaisquer faíscas, ou semelhante, sejam projetadas para trás e para baixo, para longe de ti.

2 7

PRENDE O TEU OBJETO OU FERRAMENTA COM FIRMEZA

Não vais querer que o objeto – ou multiferramenta – escorregue e deslize durante um projeto de esmerilação ou afiação. E é aqui que um torno, como o TORNO MULTIFUNÇÕES DREMEL (2500)demonstra a sua utilidade. Basta fixares o torno à tua bancada ou mesa, introduzir o objeto ou ferramenta nas pinças e apertar. Um Torno multifunções Dremel permite rodar o objeto fixado a 360° e, consequentemente, encontrar o ângulo perfeito para esmerilar ou afiar. Ou, por outro lado, podes considerar que é mais fácil fixar a tua Multiferramenta Dremel ao torno e mover o objeto de encontro ao acessório de esmerilação. O melhor é experimentares ambos os métodos para descobrires qual preferes.

3 7

ESCOLHE O ACESSÓRIO CERTO PARA O TRABALHO

Para projetos que requeiram um nível elevado de precisão, é fundamental optar pela ferramenta certa. Por exemplo, se rebarbares um tubo com a pedra de esmerilar errada, arriscas-te a criar mais rebarbas e a sentires-te frustrado pelo trabalho extra envolvido. Cada pedra de esmerilar Dremel possui um formato, tamanho e finalidade distintos. A nossa FICHA INFORMATIVA DE COMPARAÇÃO irá ajudar-te a encontrar a pedra certa. A  PEDRA DE ESMERILAR DE CARBONETO DE ALUMÍNIO (953)  pontiaguda faz maravilhas em superfícies redondas ou curvas, como canos e tubos, tanto no interior como no exterior. A sua parente cilíndrica, a  PEDRA DE ESMERILAR DE CARBONETO DE ALUMÍNIO (932), é perfeita para superfícies planas e ranhuradas, como machados.

4 7

OPTA POR MOVIMENTOS LENTOS E CONTROLADOS

Outro motivo que pode fazer com que o teu projeto de esmerilação ou afiação não corra exatamente como planeaste é a impaciência. Quando estás ansioso para terminar, é muito provável que trabalhes demasiado rápido ou que exerças demasiada pressão sobre o objeto. A consequência? Podes acabar por remover material a mais em determinados pontos, o que faz com que as superfícies fiquem irregulares ou as arestas se tornem rugosas. A solução é simples: tudo o que tens de fazer é ir devagar. Ao realizares movimentos controlados, é muito provável que obtenhas resultados uniformes, nivelados e suaves. E também não é necessário exercer muita pressão na tua ferramenta Dremel. É uma questão de deixar a ferramenta trabalhar por ti.

5 7

MANTÉM A MÃO FIRME

Realizar os movimentos de esmerilação ou afiação à mão livre requer firmeza e muita concentração ou vais acabar resultados irregulares e desiguais. Para criares ângulos exatos de 45° ou 90°, a ajuda extra está à mão. A Multifixação Plataforma de modelagem (576) Dremel é uma ferramenta de afiar que te vai ajudar a criar arestas perfeitamente regulares, por exemplo, quando cortares azulejos à medida. Certifica-te de que utilizas um torno (consulta a dica 2) para fixar o objeto e para obteres resultados realmente precisos após o processo de esmerilação e afiação.

6 7

LIMPA REGULARMENTE OS TEUS ACESSÓRIOS DE ESMERILAR E AFIAR

Se colocasses uma pedra de esmerilar Dremel sob um microscópio, verias imensas aberturas pequenas. É nestas aberturas que a poeira, a ferrugem, a sujidade e outros materiais raspados se acumulam. Mas não te preocupes, não é necessário deitar fora acessórios de esmerilar obstruídos. Basta passares a peça de esmerilar numa pedra regeneradora fixa ao torno. Este bloco sólido de abrasivo duro irá limpar e redefinir o teu acessório que ficará novamente em forma e preparado para a próxima ronda de esmerilação ou afiação.

7 7

TESTA O NÍVEL DE AFIAÇÃO COM SEGURANÇA

Depois de toda a ação a nível de afiação, poderás querer saber se o teu objeto afiado está à altura do desafio. Existem diversas formas seguras de o fazeres. Experimentares no teu dedo e cortares-te não é uma delas! O "teste do corte de papel" é muito fácil de realizar em casa. Basta fixares a extremidade afiada na horizontal num torno. Segura numa folha de papel esticada por cima do objeto e passa-a levemente pela extremidade afiada, movendo o papel para baixo e na tua direção. Uma lâmina afiada deverá deslizar facilmente sem prender o papel. Se esta ficar presa ou provocar rasgos no papel, significa que necessita de ser novamente afiada.