Guia passo-a-passo para gravar uma capa de couro para o teu telemóvel

As coisas feitas por nós são sempre as que nos dão maior satisfação.
Para começar, é melhor escolheres motivos simples.
Para transferir melhor o motivo, usa acetona.
Faz traços curtos e finos para gravar o teu motivo.

  • Dificuldade
    Easy

Estás desejoso de deitar as mãos à obra e explorar a arte da gravação? Então, lê o nosso simples guia passo a passo para gravares a tua primeira peça de couro: a capa do teu telemóvel. Desde transferir o teu desenho para o couro até utilizar o acessório certo para a tua multiferramenta Dremel, mostramos-te como realizar o projeto do princípio ao fim. O resultado final? Uma peça personalizada para guardares orgulhosamente o teu telemóvel.

Necessita de
  • Marcador permanente
  • Óculos de proteção
  • Luvas
  • Máscara antipoeira
  • Uma capa de telemóvel em couro
  • O teu desenho (impresso)
  • Papel
  • Acetona
  • Papel de cozinha
L: comprimento, W: largura, H: altura, D: diâmetro

Instruções vídeo

Passo 1 6

Escolhe o teu motivo

Para começar, é melhor escolheres motivos simples.

Quando se trata de escolher o motivo final para fazeres a gravação, tens duas opções. A primeira é criares o teu próprio motivo. Esta opção é fantástica, se tiveres muitas ideias ou já tiveres alguma coisa específica em mente, como um brasão de família, por exemplo. A outra opção é ir buscar inspiração a outra fonte: o Instagram ou o Pinterest são sítios ótimos para procurar. Depois de encontrares um motivo de que gostes, desenha-o ou imprime-o num tamanho que caiba na capa do telemóvel.

Passo 2 6

Transfere o motivo que escolheste

Para transferires melhor o motivo, usa acetona.

Depois de escolheres o motivo, está na altura de o transferir para a capa de couro, para poderes utilizá-lo como guia para a gravação. É importante referir que, se o teu motivo incluir palavras, as tuas iniciais (como este) ou qualquer outro elemento que não seja simétrico, vais ter de espelhar a imagem. É um processo simples de fazer no computador (basta procurar o comando “espelhar” ou “inverter”). A seguir, coloca a imagem espelhada, virada para baixo, sobre a capa do telemóvel e esfrega as costas da folha com um pouco de acetona. A combinação da acetona e da pressão faz com que a tinta passe do papel para o couro.

Passo 3 6

Aplica o acessório de gravação correto

Para gravar couro, a melhor opção é uma Fresa de alta velocidade.

Antes de começares a gravar, tens de fixar o acessório certo na tua multiferramenta Dremel. Para gravar couro, a melhor opção é uma Fresa de alta velocidade ou uma Fresa de gravar. Porquê? Porque foram concebidas para utilizar em materiais macios, como o couro. Aplica o acessório no veio da tua multiferramenta e aperta a porca de aperto para impedir que se solte a meio da gravação.

Passo 4 6

Traça o motivo

Faz traços curtos e finos para gravares o teu motivo.

Agora que ferramenta está pronta, está na altura de começar a gravar. É sempre boa ideia praticar um pouco antes. Não tens um resto de couro que já não sirva para nada? Um cinto velho dá uma ótima peça para praticar; pega na ferramenta e vê o efeito que o acessório tem no couro. Pega na ferramenta como se fosse um lápis e, sem fazer pressão, passa lentamente com ela sobre o motivo com traços finos. O segredo está em deixar que seja o acessório a fazer o trabalho. Sabe mais sobre o punho tipo lápis no artigo Como evitar erros .

Passo 5 6

Engrossa a linha

A troca de acessório permite-te jogar com espessuras de linha diferentes.

Se estiveres a traçar um motivo com textos de tamanhos diferentes, podes alterar a espessura da linha utilizando simplesmente outro acessório. Se começaste com uma Fresa de gravar cuja ponta tem um diâmetro de 1,6 mm, podes sempre mudar para a de 1,9 mm. Basta trocar o acessório seguindo o método descrito no Passo 3.

Passo 6 6

Admira o teu trabalho

As coisas feitas por nós são sempre as que nos dão maior satisfação.

E agora que está concluída a parte mais difícil, podes apreciar o produto acabado da tua capa de telemóvel em couro gravada por ti próprio. Está linda! E mesmo que não tenha ficado exatamente como imaginavas, não faz mal! O mais importante é lembrares-te de que é a prática que conduz à perfeição.